‘Não vou recuar um milímetro’, diz deputado Otoni de Paula

"Eu não vou recuar um milímétro", afirmou em live no Facebook o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) no início desta manhã de sexta-feira (20). Segundo Otoni de Paula, o mandado do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes pedia à Polícia Federal a apreensão de documentos e bens que se relacionem aos fatos, bem como celulares, computadores e outros dispositivos eletrônicos.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

“Não vou me entregar, prefiro a morte”, diz suposta carta deixada por Lázaro Barbosa

Em uma suposta carta deixada por Lázaro Barbosa, o fugitivo teria relatado que havia sofrido muito na infância e que isso havia influenciado nas atitudes que ele tomou. Além disso, Lázaro teria relatado que durante sua prisão, ele havia sofrido até uma tentativa de estupro e sabia que se fosse preso, sofreria ainda mais, por isso, preferia a morte, chegando a dizer que poderia cometer suicídio.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

“Se depender de mim, não vou mandar prender Wajngarten”, diz presidente da CPI

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, pediu a prisão de Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação. O senador acusa Wajngarten de mentir à CPI, onde o depoimento é dado sob a obrigação de dizer a verdade. O presidente da CPI, Omar Aziz, disse que não vai prender Wajngarten.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews