Petrobras anuncia novo reajuste de preços

A Petrobras vai reajustar mais uma vez o preço dos combustíveis. A informação foi confirmada pela companhia e começa a valer a partir de amanhã.

Inscreva-se no nosso canal:
youtube.com/c/recordnews

Siga a Record News no TikTok: @recordnews

Governo argentino começa a congelar preços de quase 1.500 itens

Depois de um impasse com os empresários da área de alimentação, o governo argentino impôes o congelamento de preços de quase 1.500 itens. Ou seja, os produtos não podem sofrer aumento até 7 de janeiro de 2022.

Inscreva-se no nosso canal:
youtube.com/c/recordnews

Siga a Record News no TikTok: @recordnews

Mudanças climáticas devem manter alta nos preços até 2022

Seca, geadas e queimadas devem fazer os preços dos produtos agropecuários continuarem em alta. Situações extremas acontecem com mais frequência, a pressão é contínua sobre o preço dos alimentos.

Inscreva-se no nosso canal:
youtube.com/c/recordnews

Siga a Record News no TikTok: @recordnews

Petrobras aumenta preços da gasolina e do gás de cozinha

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (8) que vai reajustar os preços da gasolina e do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), popularmente conhecido como gás de cozinha, em suas refinarias a partir deste sábado (9).

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Decreto pretende reduzir preços dos combustíveis

O decreto que muda as regras para comprar e vender combustíveis está causando polêmica. As principais mudanças permitem que os postos possam oferecer qualquer marca de gasolina e podem negociar etanol direto com os produtores.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Diretora da Precisa Medicamentos afirma que tentou reduzir preços da Covaxin

A CPI da Pandemia marcou para esta quarta-feira (14) os depoimentos da diretora técnica da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades, e do dono da empresa, Francisco Maximiano, sobre a tentativa de compra pelo governo Bolsonaro da vacina indiana contra covid-19 Covaxin. Durante depoimento, Emanuela afirmou que não houve oferta de US$ 10 por dose.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews