Caso Henry: Ministério Público denuncia Jairinho e Monique por homicídio e tortura

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou nesta quinta-feira (6) o vereador Jairinho, e a mulher dele, Monique Medeiros, por homicídio triplamente qualificado e tortura ao menino Henry Borel, morto na noite de 8 de março no apartamento onde morava com o casal na zona oeste do Rio de Janeiro. A denúncia foi feita pelo promotor Marcos Kac com base no inquérito concluído pela Polícia Civil. O casal também foi denunciado por coação e fraude processual. Monique e Jairinho estão presos.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Fiocruz entrega 6,5 milhões de vacinas de Oxford para Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde vai receber nesta sexta-feira (3), da Fiocruz, um lote com cerca de 6,5 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford contra a covid-19. Produzidos na fábrica de Bio-Manguinhos a partir de IFA importado, os imunizantes compõem a maior remessa já feita pela fundação.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Ministério da Saúde anuncia antecipação de 2 milhões de doses da Covax para maio

A informação foi dada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e também pelo secretário do Ministério, Rodrigo Cruz, após a 3ª reunião do Comitê de Enfrentamento da Pandemia.
A antecipação das doses foram acertadas com o mecanismo Covax Facility, que é liderado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Fiocruz entrega 5 milhões de doses da vacina de Oxford ao Ministério da Saúde

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou a entrega de mais 5 milhões de doses da vacina Oxford contra a covid-19, produzidas pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos). A quantidade supera a previsão inicial para esta semana em 300 mil doses. Por questões logísticas relacionadas à distribuição das vacinas, a Fiocruz passará a liberar os lotes para o PNI (Programa Nacional de Imunizações) sempre às sextas-feiras. Segundo a fundação, a decisão foi tomada em conjunto com o Ministério da Saúde.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Ministério da Saúde pede que mulheres adiem gravidez

Dados do Ministério da Saúde mostram um número preocupante de mortes pela Covid-19 entre as gestantes. Nesta sexta-feira (16), o Secretário de Atenção Primária à Saúde, Raphael Parente, pediu, caso possível, para que as mulheres adiarem a gravidez. Para falar sobre essa recomendação, conversamos com o doutor Geraldo Caldeira, que é ginecologista e obstetra membro da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com.br/c/recordnews