Eleições na Alemanha estão definidas

O Partido Social-Democrata venceu as eleições. Para entender a nova formação do governo, o professor de Relações Internacionais, Cairo Junqueira, explica a disputa pelo cargo de chanceler.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Eleições na Alemanha: partido social-democrata vence

O partido social-democrata alemão, considerado de centro-esquerda, venceu as eleições deste domingo (26), segundo o órgão responsável por fiscalizar a votação no país. A vitória foi apertada, 25,5% para o partido social-democrata, contra 24,1% da união democrática, de centro-direita e apoiado pela chanceler Angela Merkel.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Moraes e Barroso se manifestam por democracia e ‘eleições limpas’

Em publicações nas redes sociais, neste 7 de Setembro, os ministros do STF Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso defenderam a democracia e as eleições.
Um dos principais alvos dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, Alexandre de Moraes publicou uma mensagem curta no Twitter.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Braga Netto diz que não ameaçou eleições de 2022

O Ministro da Defesa desmentiu ter condicionado as eleições de 2022 ao voto impresso. O recado teria sido dado ao presidente da Câmara Arthur Lira. Conversamos sobre o assunto com o professor de ciências políticas da USP, Rogério Arantes.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Bolsonaro afirma que foi vítima de fake news durante as eleições presidenciais

O presidente Jair Bolsonaro afirmou no lançamento do novo sistema de recadastramento de pescadores profissionais e DA Rede Pesca Brasil que não foi eleito no estado do Pará por conta de uma fake news sobre o Seguro Defeso.
Segundo o presidente, os paraenses receberam a informação de que Bolsonaro acabaria com o "Seguro Defeso", um beneficio dado aos pescadores.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

Pedro Castillo vence eleições apertadas no Peru

O candidato do partido Perú Libre, o esquerdista Pedro Castillo, de 51 anos, venceu o segundo turno da eleição presidencial peruana contra a direitista Keiko Fujimori, por uma vantagem muito pequena. Castillo teve 50,2% dos votos contra 49,8 de Keiko Fujimori. Ela tenta reverter o resultado e pediu a recontagem de cerca de 200 mil votos. Investigadores independentes não encontraram indício de fraude. Pelas redes sociais, o candidato de esquerda comemorou a vitória.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews