A violência que se seguiu a cinco dias de protestos maciços contra uma polêmica reforma tributária na Colômbia deixou pelo menos 19 mortos e 800 feridos, enquanto as mobilizações continuavam nesta segunda-feira (3), apesar de o presidente Iván Duque ter retirado seu projeto fiscal.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews