Caso Henry: Monique mentiu sobre ir a cabeleireiro após enterro

A polícia declarou que a mãe de Henry Borel, Monique Medeiros, mentiu ao justificar a ida ao salão de beleza no dia seguinte ao enterro do filho de 4 anos. De acordo com a professora, ela teria apenas feito um reparo no seu alongamento capilar, o ‘mega hair’, que teria colocado antes da morte da criança, mas o estabelecimento negou fazer esse tipo de procedimento. Mas Monique fez mais serviços do que o cabelo e gastou R$ 240 em tratamentos estéticos na ocasião.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews