Bolsonaro garante vacinação total até novembro durante discurso na ONU

Durante um discurso de 12 minutos na abertura da 76ª Assembleia Geral da ONU, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), defendeu o tratamento precoce contra a covid-19 e se disse contrário ao passaporte sanitário da vacina, exigido em alguns estados brasileiros e alguns países do mundo, entre eles em locais dos Estados Unidos.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews