A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro aprovou, nesta quarta-feira (5), um projeto de lei que garante prioridade de investigação para crimes hediondos que resultem na morte de crianças e adolescentes. A medida foi nomeada como “Lei Henry Borel” com objetivo de homenagear o menino morto no dia 8 de março.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com.br/c/recordnews